Atividades Acadêmicas

Cursos oferecidos

Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)

Um curso de graduação não é um mero caminho burocrático para a obtenção de um diploma que possibilite o exercício legal de uma determinada profissão. Com isso em mente, verifica-se que a realização de um trabalho científico, apresentado ao final desse curso, é a consolidação do conhecimento adquirido com os conteúdos de seus respectivos componentes curriculares. Na UPM este trabalho é denominado Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e é devidamente regulamentado. No Centro de Educação, Filosofia e Teologia (CEFT), o TCC é componente obrigatório nas matrizes curriculares de todos os seus cursos de graduação. E, em cada curso, as atividades inerentes a ele são desenvolvidas em dois semestres progressivos, sob a orientação de um professor, com a finalidade de produzir um trabalho de investigação científica a ser concluído sob a forma de monografia ou artigo. 

Estágio

 

O Estágio Curricular Supervisionado é componente curricular obrigatório dos Cursos de Licenciatura. Caracteriza-se como uma capacitação em serviço, realizada em unidades escolares dos sistemas de ensino, voltada à aprendizagem da prática docente. As atividades de estágio são cumpridas, ao longo dos cursos, em escolas de Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental. O Núcleo de Estágios Educacionais, vinculado ao CEFT, responde pela organização, pela orientação e pelo acompanhamento semestral das atividades de estágio.

Atividades Complementares

As Atividades Complementares (AC) totalizam 200 horas e compreenderão as atividades de caráter científico, cultural e acadêmico, articuladas com o processo formativo do professor. As AC têm como objetivo ampliar a formação do profissional de modo que habilidades sejam desenvolvidas e experiências não contempladas nas disciplinas da Matriz Curricular, adquiridas. Tais atividades deverão ser realizadas ao longo do curso, na universidade ou em outras instituições, com a finalidade de proporcionar contato com o mundo, com os problemas da sociedade, as expressões da cultura e a prática da iniciação na pesquisa.

Atividades de Extensão

Em harmonia com a Política Nacional de Extensão, o CEFT da UPM, preconiza, no Projeto Pedagógico do Curso de História EaD, o exercício de atividades de extensão como parte integrante do processo acadêmico definido e efetivado em função das exigências da realidade. Além de indispensável na formação do estudante, na qualificação do professor e no intercâmbio com a sociedade, tal orientação visa contribuir para que a Extensão Universitária seja parte da solução dos grandes problemas sociais do País, desenvolvendo relações multi, inter e/ ou transdisciplinares e a interação com a vida profissional em diversos setores da Universidade e da sociedade.    

Pesquisa / PIBIC

 

O Programa Institucional de Iniciação Científica (PIBIC/ Mackenzie) destina-se a iniciar o aluno nas atividades de pesquisa, oferecendo aos estudantes a oportunidade de desvendarem como se processa a geração do saber e como o conhecimento científico é adquirido. Esses objetivos são alcançados pela participação dos alunos nas atividades práticas e teóricas no ambiente de pesquisa, sob a orientação de um professor-pesquisador. A efetivação e consolidação da pesquisa na Universidade recebe o apoio do Instituto Presbiteriano Mackenzie, que disponibiliza as bolsas de Iniciação Científica para os “alunos-pesquisadores”, e de outras agências de fomento conveniadas, como o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).